Call Center
 
Montevidéu Uruguai Informacão Turística  Montevidéu Uruguai
MONTEVIDÉU
Hotéis Montevidéu  
Montevidéu HoteisGalería de FotosImpresãoInformacãoMapas y Planos

Cultura & Costumbres

A maior festa popular do Uruguai e como pode se imaginar, também de Montevidéu, é o Carnaval. Ele representa uma parte importante da cultura que se exibe, reflete e comemora na "época" do Carnaval, que vai de fevereiro a março em determinadas ocasiões.

 

Porém, estas atividades, em diversas maneiras, são "praticadas" durante o ano todo em oficinas, eventos oficiais, festivais e espectáculos, e espontaneamente nos bairros, seja através das “murgas” ou do “candombe”.

 

O espírito dos montevideanos é muito hospitaleiro e cordial. O chimarrão, é a infusão característica da região do Río de la Plata, alguns o apreciam doce, mas a maioria prefere "um amargo".

O Carnaval Montevidéu

O CARNAVAL

O “Candombe” em Montevidéu

O candombe é um ritmo característico do Uruguai. Chega neste território com o negro trazido como escravo do oeste da África. Está presente nos diferentes gêneros da música, inclusive no rock.

 

O candombe é tocado com três tamborinos feitos de madeira, com pele de animal na sua boca superior, embora atualmente também se usa o "parche" sintético.


Os tamborinos possuem três tamanhos e três sons bem diferenciados. O tamborim menor tem um som agudo e se denomina "Chico", o de tamanho médio chama-se "Repique" e o maior, de som mais grave, denomina-se "Piano".

O Candombe Montevidéu

O CANDOMBE

A “Murga” em Montevidéu

A murga é outro dos fenômenos típicos que acontece no Carnaval de Montevidéu. A murga é um conjunto de pessoas que se reúnem para cantar e ensaiar para competir no Carnaval.

 

Consiste em zombar e criticar os modelos de governo e na caracterização de personagens públicos de maior destaque ao longo do ano.

 

Cantam ao som do prato, o “redoblante” e a zabumba. O diretor, vestido tradicionalmente como um diretor de orquestra, mas em forma cômica, quase sempre leva um violão para marcar o som aos demais integrantes.

A Murga Montevidéu

A MURGA

O Tango em Montevidéu

O tango em Montevidéu é discreto. Embora ainda hoje, muito tempo depois do nascimento do Tango, o mundo continua a associá-lo com Argentina, especialmente a Buenos Aires, não se precisa muito para perceber que esta cidade também viu nascer o Tango.

 

Aqui, o Tango não é uma mercadoria à venda, salvo no caso de alguns hotéis que, para seus clientes, organizam visitas às danceterias onde pode-se apreciar o tango-espetáculo "for export".

 

Uma razão histórica pela qual o Tango está mais associado a Buenos Aires, é o estabelecimento da indústria fonográfica. Em Buenos Aires, os primeiros discos foram gravados a início do século XX, em Montevidéu, onde o mercado é muito menor, só no ano 1941.

 

Esas situação evidentemente, jogou a favor de Buenos Aires. O mais famoso tango, "La Cumparsita", por exemplo, foi composto e estreado em Montevidéu, mas gravado pela primeira vez, em Buenos Aires.

O Tango Montevidéu

O TANGO

INFORMAÇÃO CORPORATIVA | FILIAÇÃO PARA HOTEIS