Call Center
 
Hoteis RochaImagensImpresãoInformação RochaMapas & PlanosAgendar em Favoritos Rocha

Ecoturismo e Turismo Ecológico em Rocha

Rocha possui o privilégio de oferecer aos seus visitantes uma modalidade de turismo muito especial e igualmente fascinante. Trata-se do ecoturismo, uma proposta de conhecimento e aventura que neste canto do planeta tem muito para dar ao visitante.


O ecoturista é aquele visitante que percorre espaços naturais que se encontram praticamente agrestes e que devem ser preservados. A observação da fauna, a flora e dos hábitos dos seres humanos que ali vivem em harmonia com a natureza.

Ecoturismo en Rocha Uruguai

ECOTURISMO EM ROCHA


O principal atrativo a destacar são as áreas úmidas do Este, declaradas "Reserva de Biosfera", em 1976 pela UNESCO. Trata-se do impressionante número de 200.000 hectares de lagoas, banhados, arroios e rios. O monte de umbus, o maior bosque de umbus do mundo. Alguns de seus nodosos e gigantescos exemplares têm mais de 500 anos.


Os Palmares de Butiá surpreendem a todo aquele visitante que se adentra em Rocha, não passa despercebida a presença contínua de altas palmeiras de um porte e uma cor muito especial, verde cinzento. São as palmeiras butiá, autóctones desta terra, e que em Rocha atingem os maiores graus de concentração do mundo.

Lagoa de Castillos

A belíssima Lagoa de Castillos atrai aos ecoturistas não apenas pelo seu azul espelho de água, mas por tudo aquilo que a rodeia: banhados, palmares, monte natural, os impressionantes montes de umbus e de seibos.


Aqui a consciência coletiva dos moradores, junto ao apoio de PROBIDES, instrumentaram medidas para proteger a maravilha natural que significa a zona.


A instrumentação do ecoturismo está dando bons resultados. Regula-se a pesca, proíbe-se a caça furtiva, realizam-se cursos educativos de reconhecimento de fauna e flora.


Uma das coisas mais bonitas que oferece esta opção turística nesta zona é o "birdwatching" ou observação de aves.

Lagoa de Castillos Rocha

LAGOA DE CASTILLOS

Lagoa de Rocha

Pela rodovia 10, de La Paloma é fácil chegar à charmosa Lagoa de Rocha, declarada em 1977 Parque Nacional. Ocupa uns 70 km² e uma faixa de areia a separa do oceano.


Isso permitiu ali o desenvolvimento de uma impressionante fauna: mais de 220 espécies de aves moram ali, além de numerosos mamíferos como nutrias, capivaras e lobos de rio, entre outros.


Quem visita a Lagoa de Rocha deve levar consigo obrigatoriamente uma câmera fotográfica, e se for possível, um par de prismáticos. Chama a atenção a população de cisnes de pescoço preto com mais de 10.000 exemplares.


Outra espécie de grande charme é o flamenco, de pernas compridas e cor-de-rosa, que mora em grupos e realiza uma dança esquisita para obter seu alimento do fundo da lagoa.

Lagoa de Rocha

LAGOA DE ROCHA

Lagoa Negra

A Lagoa Negra ou também chamada de Difuntos (Defuntos), pela sua proximidade aos "cerros de índios"ou enterramentos indígenas.


Ela ao igual que a Lagoa de Castillos, também está rodeada por um monte nativo, palmares, banhados, com sua nutrida quantidade de espécies de aves e mamíferos.


Sobre a lagoa, é possível chegar de barca à Estação Biológica Potrerillo de Santa Teresa, uma área protegida onde é possível observar a natureza no seu estado natural.


Além de uma maravilhosa oferta de ecoturismo é um espaço de repovoamento de espécies e de pesquisas científicas.

Lagoa Negra Rocha

LAGOA NEGRA

Os Palmares de Rocha

Muitas lendas surgiram entorno à verdadeira antiguidade do palmar. Foram encontrados ultimamente cocos nos "cerros de índios" que datam de há 3000 anos.


Os Palmares de Castillos, entre a Rodovia 9 e Caminho dos Índios, chegam a possuir uns 500 palmares por hectare, sendo o mais denso e fascinante do mundo.


Infelizmente os palmares de Rocha estão envelhecidos, pois têm entre 200 e 300 anos e não se renovam. Uma das causas disso é que o gado come os rebentos e não permite o crescimento de novos exemplares.


Estão sendo instrumentados planos ao respeito para salvar o palmar e evitar sua extinção. Neles habita uma variada fauna de aves e mamíferos que intervêm na manutenção e difusão das sementes.

Palmares de Castillos Rocha

PALMARES DE CASTILLOS

Monte de Umbus

Vizinhos à Lagoa de Castillos existem os maiores bosques de umbus do mundo. Alguns dos exemplares têm mais de 500 anos de vida.


O umbu é uma árvore gigantesca que habitualmente cresce em solidão. Sua presença no campo uruguaio é muito apreciada porque oferece proteção e sombra ao homem e aos animais.


Estas insólitas aglomerações de umbus de Rocha mostram exemplares antigos, de imensas raízes retorcidas. Alguns estão abraçados pelos figueirais, que crescem ao redor do seu tronco.


Uma lenda assegura que quem se introduz nestes bosques de umbus lembra subitamente incidentes muito distantes de sua infância.

Monte de Umbus Rocha

MONTE DE UMBUS

Parque Santa Teresa

O Parque Santa Teresa conta com 3.000 hectares e mais de 2 milhões de árvores. Embora Rocha seja terra de grandes montes indígenas, em Santa Teresa se decidiu plantar com um critério amplo.


O resultado é um parque espetacular, cuidado e limpo, com uma vegetação desenhada com grande sentido estético, incluindo flora uruguaia e exótica.


O parque além da Fortaleza de Santa Teresa conta com umas excelentes praias, quatro grandes delas encaixadas em estranhas formações rochosas, onde é possível pescar abundantemente.


Também conta com o roseiral mais importante do Uruguai, com mais de 330 espécies, o sombráculo, a capatazia, o hibernáculo e a passareira, e até um museu.

Parque Nacional Santa Teresa Rocha

PARQUE SANTA TERESA

INFORMAÇÃO CORPORATIVA | FILIAÇÃO PARA HOTEIS